fechar× Entre em contato +55 71 3042-7807 +55 71 9 9964-4534

Central de reciclagem potencializa ganhos de cooperativas da região

blog-image

Inaugurada nesta terça, 20, o segundo barracão da Central de Valorização de Materiais Recicláveis (CVMR),  que vai gerar renda para cooperativas de Maringá, Mandaguari, Munhoz de Melo, Mandaguaçu, Paiçandu, Sarandi e Marialva. A central beneficiará embalagens plásticas como de refrigerantes, cosméticos e de produtos de limpeza comercializadas com empresas de reciclagem.
A inauguração contou com a participação do vice-prefeito, Edson Scabora (representando o prefeito), dos vereadores Carlos Mariucci (representando a Câmara Municipal), Sidnei Teles e Jean Marques, dos secretários municipais Vagner de Oliveira (Serviços Públicos) e Ederlei Alkamim (Meio Ambiente), do presidente do Instituto Paranaense de Logística Reversa (ILOG), Nilo Cini Junior, do presidente da Coopercentral, Tercivaldo Joaquim dos Santos, cooperados, servidores municipais e comunidade.
O vice-prefeito Edson Scabora ressaltou que a inauguração do barracão e maquinário é um marco para o município e região e destacou que de R$ 1,72, os cooperados poderão vender, sem a ação de atravessadores e direto para empresas de reciclagem, o material a R$ 3,20 o quilo.
“Firmamos também um novo contrato com os cooperados mais justo e que de R$ 52 mil, poderá chegar a R$ 112 mil, lembrando que já no primeiro pagamento as cooperativas receberam R$ 73 mil”, acrescentou Scabora.
Scabora ainda lembrou que o objetivo é fazer de Maringá uma referência na reciclagem e destacou que um dos principais resultados do projeto é de fomentar o empreendedorismo dos cooperados e possibilitar a ascensão social. O vice-prefeito também anunciou para o dia 2 de abril o início de operação de mais 10 caminhões para a coleta seletiva.
O vereador Carlos Mariucci parabenizou a administração por apoiar os cooperados que lutam para um futuro melhor e ressaltou que o projeto é uma conquista coletiva. O presidente do Coopercentral, Tercivaldo Joaquim dos Santos, agradeceu a prefeitura pelas ações em benefício aos cooperados e espera que outras cooperativas participem da central.
Já o presidente do Instituto Paranaense de Logística Reversa (ILOG), Nilo Cini Junior, lembrou da importância da união entre os cooperados para o sucesso do negócio e também parabenizou a administração por ampliar o número de caminhões para a coleta seletiva.
Instalado no barracão de 700 metros, a central conta com estação de tratamento de efluentes, empilhadeira, motocompressor, transpalete para 2 toneladas, balança eletrônica, leitor de código de barras, entre outros equipamentos.
O município é responsável pelas despesas com aluguel, água e luz dos dois barracões, o primeiro foi inaugurado em 2016 e realiza o beneficiamento de papel e papelão. Já a ILog é responsável com os investimentos em pessoal, capital de giro e instalação de equipamentos. A CVMR integra o Programa Pós Consumo de Embalagens do Estado do Paraná e atende a Política Nacional de Resíduos Sólidos.

Fonte: Maringá

Comentários

Deixe um comentário

Informação: não é permitido conteúdo HTML!
* Campos obrigatórios